silva cravo arquitectos

casa branca. grândola. PT (2016-2019) | with Promontório architects

A casa está localizada no sudoeste Alentejano, no interior da serra de Grândola. A sua topografia suave e ondulada contrasta com a aridez da paisagem, de uma vegetação nua, de sobreiros e azinheiras com arbustos esparsos e solo calcário.
Pelo seu afastamento e isolamento, a casa ecoa a tradição da “Alcáçova”, - ou “qasbah”, segundo a sua etimologia árabe, que funcionava como cidadela e cujas construções edificadas no seu interior são protegidas por um perímetro murado.
A casa é concebida como um rectângulo, sobre o qual uma série de volumes são dispostos contra os seus muros interiores. O posicionamento deste pátio murado na paisagem foi, na verdade , restringido por um distanciamento regulamentar do limite de propriedade. Por se situar numa linha de vale, parece meio aterrado no seu canto sudeste, revelando-se progressivamente em direcção a nordeste.
No interior do pátio, três volumes rectângulares ocupam os alçados Norte, Nascente e Poente, constituindo respectivamente os quartos, as salas, a cozinha e a garagem, e um pomar. As áreas sociais funcionam numa sequência clássica de divisões interligadas , desde a cozinha às salas e biblioteca. A sala de jantar e a sala de estar são separada por uma grande lareira metálica suspensa pela sua chaminé. O tecto é constituindo por vigas estruturais em madeira caiada a branco e as paredes em tabuado e estuque branco com o seu piso em cimento.
Revestidas por fora em alvenaria de pedra caiada, os muros grossos são encimados por telha, sugerindo um telhado inclinado que de facto não existe, e um lintel de betão, igualmente pintado em cal branca. A rugosidade da superfície de parede em cal convoca uma condição vernácula e quase arcaica que, no entanto, é rejeitada pela sua escala e abstração.

fotografias de | luís viegas photography


The house is located in the Southwest of Alentejo, deep in the Grandola hills. The gently undulating topography contrasts with the harsh dryness of the landscape and its bare vegetation of cork and holm oaks with sparse bushes creeping from the calcareous soil.
Given its remoteness and isolation, the house echoes the tradition of the Portuguese “Alcáçova”, or "qasbah", following its Arab etymology, which functioned as a defensive citadel, or compound, with its constructions built within and protected by a high-walled perimeter.
The house is devised as an imperviously walled rectangle, onto which a series of volumes are placed against its inner walls. The positioning of this walled yard in the landscape was actually constrained by a regulatory distancing from the property limits. As it sits across a valley line, it appears half sunk from Southeast corner, progressively revealing itself towards Northeast.
Inside the courtyard, three rectangular volumes occupy the North, the East and the West elevations, comprising respectively the bedroom suites, the living room and kitchen and the garage, while the missing volume southwards is occupied by an orchard. The common areas function in a classical sequence of unfolding rooms, from the kitchen to the living room and to the library. The dining area of the living room is divided by a large fireplace with a hanging metal chimney. The ceiling is made of structural whitewashed wood beams and boarding with the white stuccoed walls and cement floors.
Clad from the outside in a whitewashed stone masonry, the thick walls are capped by an elusive pan tile, suggestive of a pitched roof that in fact does not exist, and an equally calk painted wood cast concrete lintel. The roughness of these burnt lime wall surfaces summons a vernacular and quasi-archaic condition which is nonetheless dismissed by its sheer scale and abstraction.

photoshoot by | luís viegas photography

casa branca. grândola. PT (2016-2019) | with Promontório architects

casa branca. grândola. PT (2016-2019) | with Promontório architects

casa branca. grândola. PT (2016-2019) | with Promontório architects

casa branca. grândola. PT (2016-2019) | with Promontório architects

casa branca. grândola. PT (2016-2019) | with Promontório architects

casa branca. grândola. PT (2016-2019) | with Promontório architects

casa branca. grândola. PT (2016-2019) | with Promontório architects

casa branca. grândola. PT (2016-2019) | with Promontório architects

casa branca. grândola. PT (2016-2019) | with Promontório architects

casa branca. grândola. PT (2016-2019) | with Promontório architects

casa branca. grândola. PT (2016-2019) | with Promontório architects

casa branca. grândola. PT (2016-2019) | with Promontório architects

casa branca. grândola. PT (2016-2019) | with Promontório architects

casa branca. grândola. PT (2016-2019) | with Promontório architects

casa branca. grândola. PT (2016-2019) | with Promontório architects